captura de tela 2019-01-04 às 23.30.36E 2018 acabou. O ano foi peculiar para se dizer o mínimo. O ano teve de tudo, desde copa do mundo até uma eleição surpreendente. A minha vida também foi marcada por mudanças. Depois de quase dez anos mudei de emprego e segui com a minha vida, porém tenho que admitir que deixei as corridas em segundo plano. Já a Franciela abandonou de vez o asfalto e encontrou a alegria como ultramaratonista em trail running.

Mas como a Fran sempre diz: “O passado ficou para trás. E se a gente ficar se lamentando o tempo vai acabar passando”. Todos nós passamos por obstáculos. E essa dificuldade é o que deve nos inspirar. A vida cada vez mais parece uma corrida: a cada momento encontramos uma curva, um caminho solitário ou mesmo uma dificuldade. Porém são as decisões individuais que tomamos que vão tornar esse caminho mais fácil ou mais difícil.

Cada vez mais que olho o que vem pela frente entendo que devemos buscar a força não para dar um sprint como num treino de tiro e sim manter a velocidade constante de uma maratona. De acreditar em si mesmo para não ter medo de correr em uma subida íngreme ou mesmo se desafiar a correr em um lugar totalmente novo.

A vida, como a corrida, é a soma das decisões que tomamos. E cada vez mais entendo que negligenciar alguns aspectos em comparação com outros é o nosso maior pecado. As vezes estamos tão perto de uma situação que não conseguimos ver o grande quadro e focamos apenas em uma pequena parte de um todo.

O começo do ano é tradicionalmente marcado por decisões e a tentativa de mudança de estilo de vida. Sim, é um clichê que todos os anos vemos pessoas tentando mudar a alimentação ou mesmo começar uma atividade física. Porém eu tenho que fazer um compromisso comigo mesmo. Tenho que resgatar um dos aspectos que ajudou muito nos anos passados.

Não sei ainda o caminho a seguir, porém sei que a atividade física é um dos pilares que pode e vai me ajudar. E espero chegar em 31 de dezembro com realizações e metas atingidas para compartilhar. Então: boa sorte e muitos kms pela frente!