[ARTIGO] A Importância da Prevenção

…. Constantemente me perguntam como estou há 5 anos correndo 🏃🏽‍♀️ e nunca tive uma lesão. Quando digo que nunca tive uma lesão, é nenhuma mesmo, nenhuma dor persistente, nenhum desconforto sério. Levando-se em consideração a modalidade que pratico (ultramaratonas de montanha) você deve pensar que sou uma sortuda. Engano. Primeiro que comecei a correr da forma certa, com a orientação de uma assessoria esportiva. Desde o primeiro ano fiz também treinos funcionais e sempre segui à risca as planilhas de treino elaboradas pelo treinador. …

Nos últimos 2 anos quando passei a me dedicar às ultramaratonas inclui os treinos de força com a @simoneherdina e uma outra grande aliada: a fisioterapia preventiva com a @feavilafisio . A fisio preventiva atua fortemente nos pontos gatilhos que normalmente acarretariam em dores e lesões. Ou seja, você elimina o problema antes dele acontecer. A fisio preventiva atua ainda no alinhamento corporal e na liberação miofascial. …. O método usado pela Fernanda é o Busquet. Ela se utiliza de técnicas de terapia manual aliada a exercícios posturais, que visa à liberação e o relaxamento das cadeias musculares. A finalidade do método é corrigir as cadeias e liberar o movimento. O que eu gosto muito nesta técnica que a Fê usa é que ela oferece uma visão mais dinâmica da postura e é capaz de compreender qual o motivo mais profundo que está levando ao desequilíbrio das cadeias.

Ou seja, um incômodo no joelho, por exemplo, em nada pode ter haver com ele, mas sim, com um desiquilíbrio no quadril… e assim por diante. …. Galera, não tem milagre não e eu não sou uma pessoa de sorte. Se você quer durar longos e longos anos no esporte sem lesões, prevenção é a palavra de ordem. (OBS: as informações técnicas do método foram fornecidas pela fisio Fernanda)

[Artigo] Treinos de Força voltados à corrida 🏃🏽‍♀️

Recentemente publiquei um post sobre o trabalho de fisioterapia preventiva que @feavilafisio faz comigo. Hoje vou falar do importante trabalho de força voltado à corrida que é conduzido, já há dois anos, pela minha personal @simoneherdina . Tá aí mais um dos motivos pelo qual nunca tive uma lesão nestes anos correndo e que tem sido um maravilhoso suporte para os bons resultados que venho obtendo nas competições. Na execução dos exercícios dentro da academia a Simone sempre está atenta a preservar a amplitude total dos movimentos que eu faço. Os grupamentos musculares de membros superiores (peitoral, costas, ombros e braços), assim como a região do CORE (abdômen, lombar pelve e quadril), têm uma atenção especial ao trabalho que a Simone realiza comigo, pois são parte do complexo postural, que auxilia muito na corrida.
🏃🏽‍♀️
E o mais importante é que a Simone não fica “presa” somente nas máquinas. Ela trabalha com uma variação enorme de exercícios que vão desde aqueles com o próprio peso corporal (funcionais), passando pela utilização de acessórios, como TRX, bosu, elásticos, cama elástica, mini bands, entre outros, que são fundamentais, porque como ela mesma explica, eles me auxiliam muito na agilidade, leveza, fluidez e boa postura na corrida.
🏃🏽‍♀️
Conforme o meu calendário de provas o treinamento de força se torna mais específico, sempre variando repetições, intervalos, séries e exercícios. O mais importante é que a Simone entende e respeita cada fase do treinamento dentro da academia, sempre aliado com minha planilha de treinos e objetivos na corrida.

Minha personal Simone Herdina

Respeite, mas nunca se renda a ela.

Alegria está em fazer aquilo se ama

Um dos primeiros ensinamentos que eu tive com a minha preparadora física Simone Herdina foi de que “na academia é você quem domina o equipamento e não ele quem domina você”. E este conceito é completamente aplicável as distâncias de uma ultramaratona. Explico melhor. ⠀

Uma ultramaratona é qualquer corrida a pé com distância superior à da maratona, 42.195m, que via de regra ocorre em terrenos acidentados, estradões, costões de pedras e florestas, com altimetrias positivas consideráveis. Ou seja, longas distâncias e situações adversas ao padrão são características básicas de uma ultra.

E todo o ultramaratonista sabe que deve respeitar a distância para a prova ao qual se inscreveu, afinal, respeito significa estima, consideração, porém, nunca deve se render á ela, ou seja, nunca deve superestimar a distância, pois ao fazê-lo, atribuímos a ela qualidades ou características acima das reais. ⠀
Volto ao ensinamento citado, pois se na academia somos nós quem devemos dominar o equipamento e não o contrário, na ultra, somos nós quem devemos dominar a distância e não o contrário.

Analisemos o seguinte: quem está treinando para vencer a distância é você e não o contrário, certo? A distância está lá, paradinha e em momento algum mudará seu status, já você está treinando, se dedicando, estudando a prova. Então, quem tem maiores chances de vencer?

Respeitar sim, treinar sim, se dedicar sim, estudar a prova sim, preparar-se de todas as formas possíveis sim, superestimar e render-se a distância, não.

Somos TO2, respiramos trilha.

#trail#treino#foco#longasdistancias#ultramaratona#ultra#corrida#trailrunning#trail#trilha#mental#determinacao

[Artigo] Como explicar se somente é possível sentir?

Como explicar se somente é possível sentir? Como explicar tamanha beleza composta por vistas estonteantes que chegam a até 1.400m de altura? Como explicar a sensação de estar ali se desafiando num cenário que mescla paisagem natural e 284 belas curvas, que mais imitam uma silhueta intermitente? De fato, não dá explicar. Somente é possível sentir.

 

Serra do Rio do Rastro
A Serra do Rio do Rastro

 

“Bastava olhar para sentir, o sentido aguçava a comunhão entre o homem e o que não há explicação: a natureza e o entorpecer a visão”, já escreveu alguém sobre a Serra do Rio do Rastro.  Do Centro da cidade de Lauro Muller era possível avistar muito longinquamente o seu topo. Parecia não ter fim, mas quem disse que eu gostaria que chegasse ao fim?

29062982_2107533675930419_4193390571268646709_n
Parafraseando o Mestre Fabiano Braun: “sobe mais quem sobe junto!”

Mas ele chegou após 23km correndo, sempre lindamente subindo, ao lado do grande parceiro Alexandre. Sim, o treino chegou ao fim, mas a sensação de liberdade a cada curva vencida, a cada metro em que altimetria aumentava, a cada vez que olhava para o lado e a vista me envolvia, a cada palavra de incentivo das pessoas que desciam de bike ou que subiam em carros e motos, ah, isso não chegou e nunca chegará ao fim. Certamente este dia ficará para sempre guardado em meus mais íntimos pensamentos. Não dá para explicar. Somente é possível sentir.

29027274_2107533732597080_4702693562073616475_n
Vista no alto da última curva da estrada

A Serra do Rio do Rastro é considerada a ‘Estrada Mais Espetacular do Mundo’. Ela é, desde 2012, votada como a mais espetacular do mundo em um ranking que reúne 14 estradas em diversos países. Pessoas com carros e motos se aventuram a subir a serra. Mas como entender cada uma de suas curvas, a natureza que a cerca, a maciez do vento que em seu rosto bate, se não fosse subindo-a correndo?

29026128_2107533389263781_1148744107091877715_n
Missão cumprida!!!

Lhes garanto, lá, você se sente no topo do mundo. Subi-la correndo faz com que você tenha cada vez mais certeza de que é capaz de fazer qualquer coisa, de que é capaz de encarar qualquer desafio. Há menos de 1 ano atrás, eu temia qualquer tipo de elevação que pudesse surgir num treino ou mesmo numa prova. Tenho aperfeiçoado esta habilidade de subir e neste domingo tive uma certeza: estou no caminho certo. Mas não estou sozinha. Obrigada parceiro Alexandre por ter estado comigo nesta transcendente aventura.

 (Agradecimentos especiais aos nossos familiares (meu esposo Gel), ao Vinicius (filho do Alexandre) e à sua esposa Nadia que foram nossos staffs nesta aventura.

[Receita Saudável] Brownie funcional

Ingredientes:
1 barra de chocolate 70% sem leite ( o Only4 é uma excelente escolha)
50 gramas de manteiga ghee derretida (uso a Vegana)
2 colheres de sopa de xilitol
1 colher de sopa de cacau em pó 100%
1 xícara de farinha de amêndoa
1/2 xícara de leite vegetal (uso leite de coco caseiro)
1 pitada de sal
IMG_8607.jpeg
Modo de preparo:
Derreta a barra de chocolate juntamente com a manteiga ghee deixando 40s no microondas
Após, vá acrescendo os demais ingredientes até que forme uma massa homogênea.
Coloque a mistura em forminhas de brownie ou espalhe a massa, com a ajuda de uma espátula, em uma forma retangular revestida de papel manteiga. Depois é só assar no forno a 180 graus por 20 minutos.
IMG_8609.jpeg
Ao servir, espalhei um pouco de néctar de coco em cima deles! Fica delicioso.

Bolinho saudável de cacau

IMG_7563

Ingredientes:

1 xícara de cacau em pó puro (sem adição de acúcar)

2 xícaras de farinha de aveia

4 ovos

2 colheres de sopa cheia de manteiga ghee ou 1/2 xícara de óleo de coco

1 xícara de açúcar demerara ou mascavo

1 xícara de leite vegetal (usei de coco, mas pode ser de castanha)

1 colher de sobremesa de fermento em pó

Gotas de chocolate 70%

Modo de fazer:

Bata no liquidificador os ovos, o leite vegetal, a manteiga ghee e o açúcar. Depois, acrescente o cacau e bata bem. Em uma tigela, jogue a massa do liquidificador e adicione a farinha aos poucos. Coloque esta mistura em forminhas (como eu fiz) ou mesmo em uma única forma de bolo. Depois, coloque as gotas de chocolate 70% empurrando para que fiquem dentro da massa. Leve ao forno por 35 minutos em temperatura de 180 graus.

 

2017: ano de muitas conquistas e aprendizados no esporte

Processed with MOLDIV

2017. O que falar deste ano. Foram tantas as conquistas. Foram tantos os aprendizados. Foi meu primeiro ano na Floripa Runners Assessoria Esportiva sendo treinada pelo mestre Fabiano Braun:

1. De janeiro a 31 de dezembro foram 1.822 quilômetros percorridos;

2. Foram 17 provas, sendo que em 11 delas subi ao pódio;

3. Estreei em provas de trilha. Fiz 5 provas de trail run e subi ao pódio 3 vezes;

4. Fiz recorde pessoal nas distâncias de 10km e 21 km;

5. Fiz minha primeira Maratona (42km) e conquistei vaga para a Maratona de Boston;

6. Formei dupla com um atleta que admiro demais, Claudio Vicente, e que me ensinou muito sobre trail run. E juntos conquistamos nosso primeiro troféu de 2017;

7. Passei a integrar o Time de Atletas da Harts, empresa que já admirava e consumia os produtos há um bom tempo;

8. Passei a ter a Novah Natural como minha parceira, empresa de Floripa que produz queijos veganos, que eu já consumia;

9. Conquistei o título de Melhor Pace da Floripa Runners Assessoria Esportiva;

10. Entrei no Ranking Brasileiro de Maratonistas (posição 46 de 236 mulheres);

11. Me matriculei na graduação de Nutrição, iniciando as aulas em fevereiro de 2018.

Mas, nenhuma destas conquistas seria possível não fosse o trabalho conjunto realizado com 3 maravilhosos profissionais que me acompanham, o mestre Fabiano Braun, que dispensa comentários, afinal, me elevou a outros patamares de desempenho neste ano, a minha nutri esportiva, Amanda Miranda, que com todo o programa de alimentação e suplementação contribuiu demais para meu desempenho e conquistas e a minha professora de funcional, Malu, que trabalhou comigo de forma esplêndida para que eu ficasse mais fortalecida e não tivesse nenhuma lesãozinha se quer, apesar de todo o volume e intensidade de 2017.

Só tenho a agradecer por este maravilhoso ano de 2017 e aguardar 2018, pois será certamente um ano esplêndido, onde meu foco estará nas provas de trail run, fazendo estreia nas ultramaratonas.

Torta vegana de grão de bico e queijo da Novah

Para a massa:

Cozinhe 200 gramas de grão de bico.

Coloque o grão de bico no processador com 3 colheres de azeite de oliva até obter uma massa (tipo massa de quiche, esfareladinha). Tempero com sal a gosto.

Na sequência, distribua numa forma untada com azeite de oliva, espalhando a massa pelo fundo e laterais.

Reserve um pouco desta massa para depois cobrir a torta.

Coloque no forno pré aquecido em 220 graus por 40 minutos.

Para o recheio:

Refogue vegetais de sua preferência no azeite de oliva. Eu usei brócolis e abobrinha. Sal a gosto.

Corte queijo Mozzaveg da Novah em cubos e reserve.

Preparo:

Pegue a forma com a massa que já estará cozida, espalhe os vegetais pela forma e por último os cubos de queijo da Novah.

Cubra a torta com a massa de grão de bico que você reservou anteriormente.

IMG_7264Coloque no forno por mais 20 minutos.

IMG_7265

Estou no Ranking Brasileiro de Maratonistas

O dia 11 de junho de 2017 realmente ficará para sempre marcado em minha vida de atleta amadora. Eu não poderia imaginar que minha estreia em Maratonas me renderia tantas conquistas posteriormente, além é óbvio daquelas inúmeras que fui obtendo ao longo dos treinos específicos.

Primeiro foi a conquista da vaga para a Maratona de Boston, que farei no dia 16 de abril de 2018. E agora mais uma novidade: entrei para o Ranking Brasileiro de Maratonistas. Em minha faixa etária (35 a 39 anos) ocupo a posição de 46 de 236 mulheres.

O Ranking Brasileiro de Maratonistas é montado pela Contra Relógio desde 1994, objetivando valorizar os corredores que se dedicam aos treinamentos para os 42 km e prestigiar as maratonas oficiais do país. Para ingresso nessa listagem, é necessário conseguir resultados dentro dos tempos-limite de cada faixa etária/sexo.

Tanto a vaga para a Maratona de Boston, quanto contar no ranking brasileiro de maratonistas se deve ao tempo que obtive na Maratona de Porto Alegre – 3h36min04s.

Abaixo, na imagem, sou a numero 46.

Imagem1

Sou uma Atleta Harts!

Gente, tenho uma novidade maravilhosa para contar. Eu agora faço parte do time de atletas da @hartsnatural Nossa, tô muito feliz!!! Isso significa que contarei com os produtos da Hart´s para me auxiliar nos treinos e lanches. 😊💪
Quem me acompanha por aqui sabe que eu já sou fã da marca, por inúmeras vezes falei dos produtos da Harts, pois como sabem, sou muito cuidadosa com minha alimentação, mas desde que conheci as barras de proteína, as barras de frutas da Harts, nunca tive dúvidas que eram produtos de qualidade, com ingredientes naturais que só causam bem à saúde.😍

Só tenho a agradecer à Harts por apoiar nós atletas amadores, que não rentabilizamos com o esporte, que trabalhamos em outra atividade para viver, mas que somos apaixonados pelo nosso estilo de vida, que no meu caso é composto pela corrida e a verdadeira paixão pela alimentação saudável, pela comida de verdade.

Obrigada de coração❤️Realmente estou muito feliz em poder contar com os produtos da Harts para continuar minha jornada de treinos, provas e de alimentação de verdade! #hartsnatural #takeiteasy #veganaharts#moveharts #loveharts #hartslovers @ Florianópolis, Santa Catarina